Moeda - Peso argentino

Moeda  >  Peso argentino

Peso argentino

$
O peso argentino (ISO 4217 ARS, símbolo $) é a moeda oficial da Argentina. A moeda adota divisões em centavos de 1, 5, 10, 25, 50 centavos, 1, 2 e 5 pesos. Já as notas são de 5, 10, 20, 50, 100, 200, 500 e 1000 pesos.

As moedas abaixo de 25 centavos raramente são utilizadas e as notas de 2 pesos perderam o valor em abril de 2018.

Em 1813, a Argentina começou a emitir sua própria moeda, denominada Real Argentino, constituída somente por moedas metálicas. Em 1820, foram introduzidas as cédulas. Em 1881, o Real Argentino foi substituído pelo Peso. Na ocasião, cada peso valia 2 reais argentinos.

Uma série de moedas receberam a denominação de Peso, se destacando a peso moneda nacional (1881-1969), a peso oro sellado (1881-1929), a peso ley (1970-1983), a peso argentino (1983-1985) e a atual peso "convertible" (circulante desde 1991, mas com a convertibilidade cessada em 2001).

Em 1985, o governo argentino decidiu revogar o peso. O objetivo era combater a inflação. Assim, de 1985 a 1991 a moeda oficial argentina passou a ser o austral. Porém, com insucesso do plano econômico e um surto de Hiperinflação, houve o advento do Decreto Executivo nº 2.128, de 10 de outubro de 1991, ficou definido que a partir de 1º de janeiro de 1992 seria instituída uma nova linha de moedas "peso". O Decreto estabeleceu então que 1 peso ($1) equivaleria a dez mil austrais (A10.000). O peso também era conversível com o dólar estadunidense, em uma relação de 1 peso ($1) para cada dólar, paridade esta que foi instituída para dar continuidade à equivalência dólar-austral anteriormente instituída pela Lei de Conversibilidade (Lei nº 23.928, de 27 de março de 1991). As cédulas emitidas na época continham uma legenda em que se lia "conversíveis de circulação legal".

Com a mudança, o novo peso reagiu e gerou um impacto cambial positivamente significativo na Argentina, em 2001 ocorreu uma desvalorização que levou o peso a valer quase 1/4 de dólar estadunidense.

Durante o ano de 2008, foram apresentados ao Congresso da Argentina vários projetos para o redesenho dos pesos em circulação. Um deles, assinado entre outros por Roy Cortina (Partido Socialista) e Claudio Morgado (Frente para a Vitória), propôs a adição de Eva Perón ao anverso das cédulas e no verso uma imagem relacionada ao voto feminino. O projeto também defendia a substituição da imagem de Julio Argentino Roca, nas notas de $100, pela de Juana Azurduy, a revolucionária peruana que lutou nos conflitos armados responsáveis pela Independência da América Espanhola. Finalmente, a cédula de $100 foi redesenhada com o rosto de Eva Perón.

A cotação do peso argentino é oscilante e há anos vem sofrendo com a controversa inflação da economia argentina, cujos índices oficiais divergem daqueles calculados pelas entidades privadas de consultoria econômica. Em 28 de janeiro de 2014, 1 peso estava sendo cotado a aproximadamente 12,5 centavos de dólar estadunidense. Em 30 de agosto de 2018, a cotação chegou ao seu nível mais baixo, se tendo uma cotação em torno de 2,5 centavos de dólar.

Em 2016, foi começou a ser lançada nova série de cédulas com os animais da região, sendo a primeira a cédula de 500 pesos, seguida pelas cédulas de 200 pesos no mesmo ano, pelas cédulas de 20 e de 1000 pesos em 2017 e pela de 50 pesos em 2018.

* Plano Austral

País

Argentina

Argentina, oficialmente República Argentina, é o segundo maior país da América do Sul em território e o terceiro em população, constituída como uma federação de 23 províncias e uma cidade autônoma, Buenos Aires, capital do país. É o oitavo maior país do mundo em área territorial e o maior entre as nações de língua espanhola, embora México, Colômbia e Espanha, que possuem menor território, sejam mais populosos.

A área continental da Argentina está entre a cordilheira dos Andes a oeste e o oceano Atlântico, a leste. Faz fronteira com o Paraguai e Bolívia ao norte, com o Brasil e Uruguai a nordeste e com o Chile a oeste e sul. A Argentina reivindica uma parte da Antártida, sobrepondo as reivindicações do Chile e do Reino Unido no continente antártico, mesmo após todas as reivindicações terem sido suspensas pelo Tratado da Antártida de 1961. O país reivindica ainda as Ilhas Malvinas (Islas Malvinas) e Geórgia do Sul e Sandwich do Sul, que são administradas pelo Reino Unido como territórios britânicos ultramarinos.

Linguagem

Argentine peso (English)  Peso argentino (Italiano)  Argentijnse peso (Nederlands)  Peso argentin (Français)  Argentinischer Peso (Deutsch)  Peso argentino (Português)  Аргентинское песо (Русский)  Peso (Español)  Peso argentyńskie (Polski)  阿根廷比索 (中文)  Argentinsk peso (Svenska)  Peso argentinian (Română)  アルゼンチン・ペソ (日本語)  Аргентинський песо (Українська)  Аржентинско песо (Български)  아르헨티나 페소 (한국어)  Argentiinan peso (Suomi)  Peso Argentina (Bahasa Indonesia)  Argentinos pesas (Lietuvių)  Argentinské peso (Česky)  Arjantin pesosu (Türkçe)  Аргентински пезос (Српски / Srpski)  Argentina peeso (Eesti)  Argentin peso (Magyar)  Argentinski pezo (Hrvatski)  เปโซอาร์เจนตินา (ไทย)  Πέσο Αργεντινής (Ελληνικά)  Peso Argentina (Tiếng Việt) 
 mapnall@gmail.com