Linguagem - Língua nepali

Linguagem  >  Língua nepali

Língua nepali

O nepali ou nepalês (नेपाली, transl. nepālī) é uma língua indo-ariana falada no Nepal, no Butão e em algumas regiões da Índia e de Mianmar (antiga Birmânia). É o idioma oficial do Nepal, onde é a primeira língua de aproximadamente metade da população, e do estado indiano de Siquim.

Além de língua oficial do Nepal, é também a língua franca nesse país. É uma das 23 línguas oficiais da Índia conforme o anexo 8 da Constituição do país. Além de língua oficial e língua franca do Siquim, é também oficial no distrito Darjeeling em Bengala Ocidental. É falada também nos estados de Uttaranchal e Assam.

O Nepali é conhecido por outros nomes, tais como Gorkhali ou Gurkhali, "língua dos Gurkhas", ou ainda Parbatiya, "a língua das montanhas". Khaskura é uma antiga palavra também usada para o idioma, cujo significado é "o falar dos Khas".

Os Khas eram um povo na bacia do rio Karnali-Bheri, no estremo oeste do Nepal, que ali viveu desde tempos pré-históricos. Khaskura existe em oposição ao Khamkura, um grupo de dialetos tibeto-birmaneses falados pelos povos Kham que vivem nas terras altas que separam as bacias dos rios Karnali-Bheri e do Gandaki no Nepal central.

Há cerca de 500 anos, os Khas migraram para leste, evitando as inóspitas terras altas dos Kham, para se estabelecer nos vales mais baixos da bacia do Gandaki, os quais eram bem próprios para cultivo do arroz. Uma extensa família se estabeleceu em Gorkha, um pequeno principado a meio caminho entre Pokhara e Kathmandu. No final do século XVIII um chefe de nome Prithvi Narayan Shah armou um exército de Gurungs, povo Magar e possivelmente de outras tribos das colinas e partiu para conquistar e se consolidar como dominante de dezenas de pequenos principados nas colinas ao pé do Himalaia. Como os Gurkhas substituíram os originais Khars como senhores da antiga terra desses, como centro político e domínio militar, a língua Khaskura teve seu nome mudado para Gorkhali, língua dos Gurkhas.

O maior e mais notável feito militar de Prithvi Narayan foi a conquista do urbanizado vale de Kathmandu nas margens da bacia hidrográfica do Gandaki. A região já era chamada de Nepal nessa época. Kathmandu se tornou a nova capital para Prithvi Narayan. Daí em diante ele e seus herdeiros foram estendendo seus domínios para o leste, para a bacia do rio Kosi, para o norte no planalto tibetano, para o sul nas planícies do norte da índia e para o oeste nas bacias dos rios Karnali e Bheri.

Essas expansões, em especial nas direções norte, oeste e sul, levaram o estado a conflitos com as ambições territoriais dos britânicos e dos chineses. Daí vieram diversas guerras que terminaram por moldar as fronteiras do Nepal aproximadamente como são hoje. Porém, as duas grandes potências entenderam a importância da região e preferiram manter aquele território-tampão, não buscando reduzir ainda mais o país que nascia. Desde que o vale do Kathmandu ou Nepal se tornara o novo centro de iniciativas políticas, essa denominação - Nepal - passou a definir todo o reino e não apenas o vale do Kathmandu. Assim, Gorkhali, a língua dos Gurkhas, foi denominada a partir daí nepali.

País

Nepal

Nepal (em nepalês: नेपाल ), oficialmente República Democrática Federal do Nepal, é um país asiático da região dos Himalaias. É limitado a norte pelo Tibete, região autónoma da China e a leste, sul e oeste pela Índia. É um país sem costa marítima. A sua capital é Catmandu. No país, se situa o Monte Everest, o ponto mais alto da terra, com, na fronteira norte com a China (Tibete). As principais cidades desta nação são, além da capital, a cidade-lago de Pokhara e Lumbini, onde nasceu Sidarta Gautama, o Buda. Têm grande importância para o turismo, sendo reconhecidas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura devido ao valor histórico e por lá se encontrar um grande acervo monumental.

É um país pobre, situado na encosta da cordilheira do Himalaia, no centro da Ásia. Tem uma das maiores densidades demográficas do continente, com 184 habitantes por quilômetro quadrado. A população nepalesa é composta de 12 etnias, que convivem harmoniosamente. A agricultura emprega 90% da mão de obra, tornando o país grande fornecedor de arroz para a região. Em vez de construção de estradas, conter a erosão do solo há séculos tem sido a principal ocupação dos governantes, sendo que o sistema de terraços usados na irrigação do arroz é um desafio aos meios usados no ocidente para conter o mesmo tipo de erosão.

Linguagem

Nepali language (English)  Lingua nepalese (Italiano)  Nepalees (Nederlands)  Népalais (Français)  Nepali (Deutsch)  Língua nepali (Português)  Непальский язык (Русский)  Idioma nepalí (Español)  Język nepalski (Polski)  尼泊尔语 (中文)  Nepali (Svenska)  Limba nepaleză (Română)  ネパール語 (日本語)  Непальська мова (Українська)  Непалски език (Български)  네팔어 (한국어)  Nepalin kieli (Suomi)  Bahasa Nepali (Bahasa Indonesia)  Nepalų kalba (Lietuvių)  Nepalesisk (Dansk)  Nepálština (Česky)  Nepalce (Türkçe)  Непалски језик (Српски / Srpski)  Nepali keel (Eesti)  Nepáli nyelv (Magyar)  Nepalski jezik (Hrvatski)  ภาษาเนปาล (ไทย)  Nepalščina (Slovenščina)  Nepāliešu valoda (Latviešu)  Νεπαλική γλώσσα (Ελληνικά)  Tiếng Nepal (Tiếng Việt) 
 mapnall@gmail.com